sábado, 1 de maio de 2010

1º Workshop da equipe de Qualidade da Totvs

Aconteceu na última quinta-feira, o 1º Workshop da equipe de Qualidade da Totvs, e o GUTS-RS esteve presente representado por um dos seus coordenadores, Antonio Moraes Trindade, que palestrou a respeito da certificação CTFL do BSTQB.

A palestra foi uma reprise do que ocorreu no 1º evento do GUTS em 2010 sobre certificações.


Neste workshop foram arrecadados agasalhos e doados para a instituição Sociedade Beneficiente Espírita Bezerra de Menezes.

Em nome do GUTS-RS agradeço a todos que participaram do evento em especial a Mariana. Espero que tenha sido estimulante aos que irão tentar a certificação em junho.

Como foi o evento Viabilidade e Conceitos Básicos de Automação com o QTP

Nosso evento de Viabilidade e Conceitos Básicos de Automação com o QTP promovido dia 28/abril/2010, abordou o tema automação de teste de software discutindo questões interessantes em torno do desafio que se tem ao automatizar.

Na primeira parte do evento, Hermes enfatizou que automatizar a execução de teste de software envolve, antes de mais nada, criar um projeto de software para se testar outro software. Mais do que selecionar quais partes do software sob teste valem a pena ter teste automatizado e qual a abordagem de teste a ser seguida, é importante avaliar a viabilidade principalmente a partir da maturidade da empresa, e encarar todos os desafios de engenharia de software para este projeto.



Afinal, será um projeto igualmente com requisitos a serem satisfeitos (casos de teste a serem automatizados), escopo a ser mantido (do projeto de teste, que depende totalmente do escopo do software sob teste), necessidade de recursos com habilidade (testadores com skill de programação), processos e padrões a serem seguidos (senão, é aquela bagunça...), teste do teste (tenho que confiar naquilo que foi automatizado a ponto de substituir o teste manual), ferramentas adequadas, e por aí vai.

Como instrumento de análise de viabilidade, Hermes também comentou sobre o CBA - Cost Benefit Analysis, interessante forma de análise de viabilidade que ele utiliza na Dell.

Material referente à primeira parte da palestra:



Na segunda parte, foi colocada a mão na massa: uma visão geral da ferramenta QTP e a criação de um script para um software Web. Além de mostrar a ferramenta, Hermes salientou alguns pontos já discutidos na primeira parte do evento, como que cuidados é preciso ter para se ter um bom código de boa manutenabilidade, que tipo de assertivas são boas de serem escolhidas (afinal, o script é "burro": apenas executará o que foi mandado), e como utilizar o recursos de relatórios de teste para auxiliar na análise da execução do teste automatizado. Quem sabe, faz ao vivo! :)



Esta segunda parte foi bem interessante e rendeu até hora-extra: mesmo após ter chegado o término do evento, Hermes se disponibilizou e mostrou mais algumas dicas do QTP aos olhos atentos do público que já tinha alguma experîência com a ferramenta. Para esta segunda parte, não há arquivo de apresentação pois foi todo baseado na utilização da ferramenta.


Mais fotos:


Público da noite



Coffe-break estava animado! Agradecemos à SUCESU pelo patrocínio!



Hands-on de uso do QTP



Alimentos arrecadados que foram doados à Via Vida - grupo que auxilia pessoas carentes que vêm de outros Estados e se submetem a transplantes de órgãos aqui no RS.

Agradecemos a todos que prestigiaram e se envolveram na organização do evento!

Até o próximo!