sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Saiba o que rolou no evento de Setembro/2015

Olá pessoal,

No dia 02/09 foi realizado mais um evento presencial do GUTS-RS! Dessa vez falamos sobre automação de testes com a ferramenta Sikuli.

A palestra foi conduzida por Daniel Castro, que atua em R&D desde 2006, com experiência em Análise de Qualidade de Software em projetos globais em diversas tecnologias, plataformas e dispositivos, atuando desde a gestão de ambientes virtualizados para teste, homologação e produção, ambientes de Continuous Integration para Build e Deploy integrados à execução automatizada de testes.

Daniel Castro falando sobre automação de testes

Ele relatou um pouco da sua experiência com automação de testes através de uma apresentação que abordou a utilização do Sikuli Script integrada à uma IDE mais poderosa do que o padrão da ferramenta, como o Eclipse, que faz uso do script através de testes escritos em forma de JUnit. Ainda, ele justificou o uso do Sikuli pela ausência de interação com o código da aplicação a ser testada.



Por fim, botamos a mão na massa e vimos como testar a Calculadora do Windows! Fazendo captura de tela e recortando elementos com os quais queríamos interagir, conseguimos em alguns minutos automatizar uma soma corretamente. Após a palestra, o público interagiu bastante e ficou empolgado com a ferramenta. Se você assistiu a palestra e gostaria de um Dojo de Sikuli, deixe o seu comentário neste post para que possamos organizar um próximo evento.



Se você não pôde participar ou gostaria de ver mais detalhes sobre o conteúdo do workshop, seguem os slides:


O GUTS-RS agradece a presença de todos! As fotos do evento podem ser conferidas na nossa página no Facebook.

Para quem ainda não deu aquela curtida na nossa página no Facebook ou aquela seguida no nosso Twitter, seguem os principais meios de comunicação para acompanhar os eventos do GUTS-RS e trocar ideias sobre testes de software:

Um comentário:

Unknown disse...

Seria interessante, para quem nao pode ir nestes eventos (sou de outro estado), se vocês conseguissem que eles fosse gravados. Com certeza muito mais pessoas passariam a ve-los.
Fica a sugestão,
Abraços