quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Saiba o que rolou no evento de novembro/2016

No dia 24/11 aconteceu o 9º e último evento presencial do GUTS-RS em 2016. Nesta edição apresentamos como o Design Thinking (DT) pode ser aplicado ao teste de software.

Público presente no último evento do ano do GUTS-RS
Luana Hohmann, gerente de projetos e facilitadora de processos na NeoGrid Porto Alegre, apresentou como o Test Thinking pode auxiliar na construção de competências colaborativas e criatividade para que a qualidade seja compromisso de todo o time e não apenas do analista de teste.

A palestrante iniciou a apresentação fazendo uma introdução sobre Design Thinking, mostrando como esse processo centrado no ser humano pode gerar inovação. O Design Thinking busca resolver problemas complexos de forma colaborativa e iterativa, sempre colocando as pessoas no centro do processo e estimulando a criatividade de todos os envolvidos. Ao invés de focar no produto, foque na solução e utilize a empatia para entender o problema e as necessidades do usuário, destacou Luana.

Luana Hohmann apresentando o Test Thinking
O processo de Design Thinking apresenta diversas etapas e não deve ser visto como um processo linear, uma vez que essas etapas devem ser estabelecidas de acordo com cada projeto. São elas:
  • Observação
  • Empatia
  • Colaboração
  • Ideação
  • Teste
  • Solução
Esse processo não linear pode ser aplicado em diversas áreas, inclusive na de teste de software. O Test Thinking serve como uma inspiração para que profissionais de testes sejam agentes transformadores dentro dos seus times. Procure entender o problema do cliente sob diversas perspectivas, identifique o público alvo, coloque-se no lugar do usuário que utilizará o software, interaja com os outros membros da equipe e gerem ideias, transformem essas ideias em protótipos e validem até a solução mais adequada seja encontrada. Isso tudo facilitará o entendimento sobre o problema e a solução e servirá como base para o planejamento dos testes e identificação dos cenários a serem validados.

Test Thinking: Observação > Empatia > Colaboração > Ideação > Teste > Solução
Logo após a introdução teórica, grupos foram formados para solucionar o desafio proposto pela Luana utilizando o Test Model Canvas. O desafio era desenvolver uma solução para um determinado perfil de cliente de um banco fictício. Houve muita troca de ideias e aprendizado!

Dinâmica utilizando o Test Model Canvas
O GUTS-RS agradece a palestrante Luana Hohmann por ter colaborado com a nossa comunidade ao compartilhar o seu conhecimento sobre Test Thinking, motivando o público a utilizar a sua criatividade e empatia em um trabalho colaborativo na busca por soluções inovadoras.

Se você não pôde participar ou gostaria de ver mais detalhes sobre o conteúdo da palestra, seguem os slides:


Agradecemos a presença de todos! As fotos do evento podem ser conferidas na nossa página no Facebook. Ano que vem tem mais eventos do GUTS-RS!

Nenhum comentário: